sexta-feira, 22 de julho de 2016

ESCOLHIDA PELOS REIS VAMPIROS

   1 - Tradição do Companheiro

Cada cem anos dita a tradição, que todas as mulheres elegíveis na cidade de Sweetwater se preparem para a cerimônia de escolha. Dois reis vampiros têm territórios separados dentro da paisagem circundante. Ambos estão ansiosos para pegar suas futuras noivas.

Que desperdício de seu tempo maldito.

Tanya está entre as muitas mulheres na cerimônia de escolha. Tanto quanto ela está em causa é, um evento sexista desatualizado. Não é importante que os dois homens sejam ridiculamente ricos e bonitos.

No fundo sabe que uma simples Jane como ela, nunca vai ser pega por um dos reis, de qualquer maneira. Muitas das mulheres na praça da cidade são belíssimas com figuras de modelo. A maioria parece estar entusiasmada com ser uma rainha, mesmo que isso signifique estar acoplada a um otário do sangue, que combina com ela muito bem.

Imagine sua surpresa quando o rei Brant lança seu olhar firmemente sobre ela. Uma vez que um rei vampiro decidiu, não há como voltar atrás. Mas a sua casa é em Sweetwater. Ser forçada a viver entre as espécies de vampiros... Grande gole... Forçada a acasalar com um vampiro, não é o que tinha em mente para si mesma. Talvez ela possa convencê-lo a deixá-la ir, para escolher novamente. Se não, vai ter que encontrar uma maneira de escapar de suas ‒ garras ‒ muito musculosas e bastante deliciosas.

   2 - Desejos Rasgados

Zane é impiedoso, um assassino. A notícia é que ele tem assassinado brutalmente sua fêmea escolhida. O vampiro rei cruel chamou o Lore Companheiro, com o sangue de sua noiva ainda molhando em suas mãos.

Esta notícia aterradora significa que Tanya terá que gastar o mesmo tempo com ambos os reis até a lua nova. Somente quando o céu noturno for o mais escuro, ela terá permissão para escolher seu futuro companheiro, mesmo que saiba que o seu lugar é ao
lado de Brant.

Ela deve de alguma forma encontrar a força para sobreviver às próximas vinte e quatro horas com Zane, se tem alguma esperança de fazê-lo até a lua nova. Poderia muito bem ser uma maldita vida...




   3 - Amor e Guerra

Santo maldito Inferno.

Tanya acabou de ter relações sexuais com o inimigo de nascimento de Brant. Depois de conectada a tal nível emocional, como se ela nunca fosse enfrentá-lo novamente? Ela se sente como uma completa idiota que só jogou fora qualquer chance de
felicidade real.

Quando ela volta para casa senhorial de Brant, encontra os reis próximos às vias de fato com o outro... Sobre ela. Quando Brant pega o perfume de Zane na pele de Tanya, todo o inferno quebra solto e ela está presa no meio.

Ambos os reis querem que ela seja sua companheira. Eles estão dispostos a matar para tê-la.

O futuro da espécie dos vampiros repousa firmemente sobre os ombros de modo que fugir não é uma opção. Zane é alto, cabeça-dura e terrivelmente mandão. ainda tenha conseguido rastejar debaixo de sua pele. Brant é suave e pensativo, tudo o que ela sempre quis em um homem. A ideia de ver qualquer um deles ferido na mão do outro é insuportável. Será que ela será capaz de escolher uma vez que chegar a hora?

   4 - Calor Selvagem

Tanya tem uma grande decisão a fazer. Para tirar suas chances e risco de ser apanhada pelo lobo Alpha ou permitir que os seus reis vampiros tentem engravidá-la fazendo-a indesejável para os shifters. A última coisa que ela quer é estar acoplada...

Contra sua vontade... Com o Alpha. Se de alguma forma ele consegue ter suas garras nela, ela será usada como um peão contra a espécie vampiro e os dois homens que veio para se importar muito. O menor de dois males deve ser a escolha certa, então...

Se apenas fosse estupidamente fácil.

Brant e Zane têm - de certa forma - concordaram em ambos acasalar com ela na lua nova, mas ainda não há amor perdido entre os dois homens. Um cabo de guerra segue com ela presa com firmeza no meio.

O que uma menina tem de fazer?  

   5 - Luxúria Vermelha

Ainda presa firmemente entre seus reis, não é o divertido sanduíche vampiro que Tanya tinha imaginado.

As coisas ficam especialmente difíceis quando ela percebe que tem pequenas presas em vez de dentes 'normais'. Ela também está fodidamente, seriamente com sede. De sangue. Seu estômago se agita com o pensamento ainda e seus olhos continuam caindo

para o pulso no pescoço de Zane. Ela tem o desejo insano de babar quando pega perfume sedutor de Brant. Talvez apenas um pequeno sabor...

É claro que o seu plano funcionou, ela deve estar grávida com o próximo herdeiro real.

O pequeno problema, a notícia está fazendo seus machos ainda mais possessivos dela. Mesmo o nível mandão de Zane não está pensando racionalmente mais... Pelo menos... Não onde sua mulher está em causa.

Com a lua nova no horizonte e uma cerimônia de acasalamento para planejar,

Tanya está alheia à tempestade ao redor dela.  

   6 - Lua Nova





Brant e Zane têm uma tonelada de trabalho à frente deles. Irei vê-los rastejando,

pedindo, implorando... Nos malditos joelhos. Não, isso seria deixá-los fora com muita facilidade... 

Rastejando sobre brasas... Nus.








   7 - Um Bebê Para os Três Reis

Tanya acaba de entrar no estágio final de sua gravidez e emoção está correndo alto. Seus companheiros insistem em colocar uma tonelada porcaria de regras e regulamentos em vigor para garantir que ela e a saúde do bebê não sejam postas em perigo. Eles se tornam mais e mais superprotetores a cada dia que passa e podem ter exagerado um pouco no processo.

Ela os adora, mas são malditamente irritantes.

Eles precisam entender que ela não é uma flor murcha, susceptível de quebrar a qualquer momento. Tanya é uma mulher forte, capaz de lidar com dois machos dominantes, vampiro em sua prima. Esta teoria está prestes a ser posta à prova,
juntamente com sua paciência, o que está desesperadamente desgastando fina.

Especialmente quando todas não acasaladas, fêmeas vampiro tentam obter os reis para evocar uma tradição antiga. Uma tradição que permite que os reis tragam parceiros no cio temporários para sua cama, enquanto a rainha está muito madura com a criança para acomodar as suas necessidades.

Como no maldito inferno ela nunca vai permitir que isso aconteça!

Se Brant e Zane pensam que podem evocar tal lei e continuar a manter a respiração, eles têm outra coisa vindo.
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTEM FRIENDS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}