quarta-feira, 17 de maio de 2017

O PROGRAMA

   1 - Uma companheira para York

Alguma vez você já quis namorar um vampiro?

Exigimos mulheres humanas. Devem estar entusiasmadas com as interações com os vampiros. Devem estar dispostas a submeter-se a um exame médico rigoroso. Devem estar preparadas para assinar um acordo contratual, que incluiria uma cláusula de ‘não divulgação’. Posições limitadas disponíveis...

York sempre quis uma fêmea sua própria. Uma para amar e cuidar. Aquela que vai amá-lo em troca. Mais do que qualquer coisa, ele queria uma família... Desejava ouvir o som do riso das crianças enchendo sua casa. É seu desejo mais profundo.

Como a maioria das fêmeas vampiras não são capazes do nascimento de crianças, um programa é iniciado para assegurar a continuação da espécie vampira. A elite vampiro deve lutar, punho e presas, para um muito procurado lugar no programa e uma chance de sair com mulheres humanas.

Há uma infinidade de belas mulheres humanas no atendimento. Elas foram escolhidas a dedo, para garantir que sejam irresistíveis aos homens vampiros. Por que é então que York quer uma mulher que ele não pode ter?

   2 - Uma companheira para Gideon

Alguma vez você já quis namorar um vampiro?

Exigimos mulheres humanas. Devem estar entusiasmadas com as interações com os vampiros. Devem estar dispostas a submeter-se a um exame médico rigoroso. Devem estar preparadas para assinar um acordo contratual, que incluiria uma cláusula de ‘não
divulgação’. Posições limitadas disponíveis...

Jenna tem alguns esqueletos no seu armário. Um deles é alto, moreno e lindo. Ele também passa a ser um vampiro com um rancor contra ela. Cometeu erros e fez coisas que não está orgulhosa. Chegou a hora de se encarregar da sua vida. A oportunidade de fazer exatamente isso vem na forma de uma aceitação no infame programa vampiro.

Ela gostaria de namorar um vampiro?

Oh sim!

Mas não qualquer vampiro, seu vampiro. Ou seja, se ele for perdoá-la. Com um passado tão escuro, ela se preocupa se nunca será capaz de enfrentá-lo e, assim fazendo, ter sua alma nisso. Isto iria matá-la, ver o desgosto e desprezo em seus olhos quando ele descobrir...

   3 - Uma companheira para Lazarus



Alguma vez você já quis namorar um vampiro?

Exigimos mulheres humanas. Devem estar entusiasmadas com as interações com os vampiros. Devem estar dispostas a submeter-se a um exame médico rigoroso. Devem estar preparadas para assinar um acordo contratual, que incluiria uma cláusula de ‘não
divulgação’. Posições limitadas disponíveis...

Lazarus é o maior, mais forte, o mais assustador de todos os vampiros. Ele se recusa a agir como um ser humano, porque ele não é um, maldição. Ele vai beber sangue, usar suas armas... Todas as dezesseis delas e todas de uma vez... E rosnar uma
maldita tempestade se ele quiser.



   3,5 - Sussurros do lobo

Suas mãos apertaram o volante e seu pé bateu no freio. Tudo ao seu redor pareceu lento. Tudo exceto o coração dela, que quase bateu fora de seu peito. A adrenalina aumentou quando as rodas de seu carro travaram. Há um ruído guinchando ‒ deus horrível ‒ enquanto os pneus patinaram através do asfalto. É muito tarde e seu veículo colide com a besta grande, peluda, com um baque duro. Torções de metal e ossos rachados como galhos.

A criatura é arremessada de seu veículo, aterrissando em um montão mutilado, sangrando. Uma de suas pernas chuta fora inutilmente. Jackie não acredita que ainda está viva. Apesar do perigo, seus anos de treinamento veterinário começam e ela começa a trabalhar para tentar salvar sua vida. Ela nunca deveria ter tirado os olhos da estrada, nem mesmo por um segundo.

Tyler está a caminho de Sweetwater. É a noite do Festival de Natal. Mais importante, é sua vez de encontrar uma companheira. Primeiro, ele tem que perder as babás. A última coisa que precisa é de seus dois companheiros de bando olhando por cima do ombro, enquanto ele tenta ganhar a fêmea de seus sonhos. Ou seja, se ele tiver sorte o suficiente para encontrá-la.

Tão focado em escapar de seus companheiros de matilha, que não vê o veículo se aproximando até que seja tarde demais. Quando ele se encontra ao lado da estrada, quebrado e sangrando, não pode deixar de pensar que é tal má sorte. Não pode deixar de sentir pena de si mesmo. Ou seja, até que ele pega um cheiro de um perfume de uma mulher e sente suas mãos macias sobre ele, então acha que talvez seja o destino...

   4 - Uma companheira para Griffin

Precisamos de mulheres humanas.
Devem estar entusiasmadas com as interações com vampiros. Devem estar dispostas a passar por um exame médico rigoroso. Devem estar preparadas para assinar um acordo contratual que inclui uma cláusula de confidencialidade. Posições limitadas disponíveis...

Griffin tem a intenção de encontrar a seu incompreendido, amigo de coração partido uma companheira. Ele tem certeza de que, se Lance encontrar a mulher certa...Se ele encontrasse o amor...Que seria capaz de seguir em frente. Para viver novamente. Neste momento, o macho está apenas atravessando os movimentos, uma simples casca de seu antigo eu.

Em um acesso de loucura, uma fêmea humana coloca-se em perigo e tenta proteger Griffin durante uma sessão de luta. Como se. Que possibilidade tem um ser humano contra um vampiro? Sarah é corajosa. Alguém com honra e integridade. Não só isso, ela é um espetáculo absoluto. Um anjo. Perfeita para o seu amigo. Perfeita para qualquer homem, nesse assunto.

   5 - Uma companheira para Lance

Precisamos de mulheres humanas... Devem estar entusiasmadas com as interações com vampiros. Estar dispostas a passar por um exame médico rigoroso. Estar preparadas para assinar um acordo contratual que inclui uma cláusula de confidencialidade. Posições limitadas disponíveis...

Lance foi para o inferno e voltou. Literalmente. Morrer dói. Dói como uma cadela com esteroides. É a volta, porém, que é a maior luta. Dias de pura tortura... Agonia indefinida. Ele pode ter sobrevivido, mas não sem cicatrizes. Lance as usa como uma máscara. Envolve-se nelas como um muro impenetrável. Ele pode ser uma parte do Programa, mas não está procurando uma companheira. De jeito nenhum.

Brincar com as fêmeas humanas pode ter começado divertido, mas se tornou mais problemas do que valia a pena. Ele vai passar o último calor e estar no seu caminho. É uma irritação enorme que foi nomeado como o solteiro mais elegível. Toda mulher humana está armando para ele. Elas não sabem que estão brincando com fogo? Elas não percebem que brincar com fogo é suscetível de se queimar?

Amber não pode acreditar quando faz isso no Programa. É a sua chance de viver um pouco. Talvez ela encontre sua alma gêmea. O único. Talvez, apenas talvez, seu par perfeito seja um dos dez da elite. É uma pena que o único cara que chama a sua atenção é um idiota colossal. Não só isso, ele é a pessoa mais arrogante que já conheceu.

Não, muito obrigada. Ela vai passar. Sua atração pelo grande vampiro é uma grande irritação, especialmente quando há tantos outros candidatos em potencial. Ela só precisa se esforçar mais para evitá-lo... Tentar mais duro gostar um dos outros…

   5,5 - Uma companheira para Brynn

Vampiro, Brynn, sabe exatamente o que quer. Ele tem seu futuro planejado para si mesmo.
Aprimorar e desenvolver suas habilidades como um guerreiro - Checado!
Tornar-se um dos membros da equipe de elite - Checado!
Lutar e conquistar um lugar no Programa – Duplamente checado!

Agora que ele é um dos dez homens da elite, um dos mais fortes de seu clã, tudo o que ele tem a fazer é conquistar uma das fêmeas humanas que participam no Programa e é apenas uma etapa, um pulo e um salto para ter a família que sempre sonhou.
Na véspera do início a este evento de prestígio, ele decide ir para uma corrida e vê uma ameaça potencial para o seu povo.
É engraçado como tudo pode mudar em um instante.

Agora ele será obrigado a assistir tudo que ele já trabalhou para desvendar diante de seus olhos e não há nada que possa fazer para detê-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTEM FRIENDS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}