sábado, 22 de abril de 2017

COMPANHEIROS DE ARMAS

   1 - A coragem de amar

Kate não tem passado uma boa época desde que seu marido morreu deixando-a cheia de dívidas. Sua sobrinha Verônica está a seu encargo, só resta manter-se buscando protetores. Um estilo de vida assim logicamente só pode separá-la da alta sociedade a que pertencia. Seu último amante a aterroriza, permitiu que a violassem e agora só quer esconder-se. Jason e Tony regressaram da guerra contra Napoleão, e durante três anos se mantiveram afastados da mulher que ambos amam, ela não parecia estar preparada para eles depois que morrera seu marido e antigo companheiro de armas. Havia casado tão jovem e merecia desfrutar um pouco de liberdade antes que eles decidissem tomá-la. Ao chegar e vê-la compreendem que essa não havia sido a melhor opção que pudessem ter tomado. Basta de sofrimentos. Estão decididos tomá-la, fazê-la sua esposa e esquecer em seus braços os horrores da guerra. Kate não pode aceitá-los, não os perdoa por não haver estado ali e evitado todo o horror vivido. As coisas vão mudar, não só terão Kate como também descobrirão que entre eles existe o mesmo e profundo amor que sentem por Kate. Estará a sociedade de acordo? Poderão convencer Kate de que aceite aos dois e a seu amor?  


   2 - Amor no lugar


Philip e Jonathan formam parte das tropas que lutaram contra Napoleão como a todos seus camaradas a guerra os afetou profundamente. Agora têm voltado do continente e tem só uma missão, fazer que Marge aceite ao Philip como seu marido logo convencer-la de compartilhar sua cama com o Jonathan. Marge não sabe o que é que não funciona em seu matrimônio, até que Jonathan lhes une. E tudo faz sentido. Quem a cortejava? Philip ou Jonathan? Os dois? Com a chegada do Jonathan tudo volta a ser perfeito. Ela ama ao Phillip, mas suas fantasias passam pelo Jonathan. Como é possível que seu marido lhe permita jogar com essas fantasias? Como é possível que ela seja tão feliz com só os ter aos dois. Um estranho jogo começa. Embora ninguém mais o veja Marge sabe que a relação do Philip e Jonathan é uma relação que ultrapassa os limites da amizade. Eles poderão aceitá-lo? Ela poderá aceitar ser compartilhada? Enquanto isso Robertsom espreita, e as coisas não poderão seguir como estavam. 


   3 - A estratégia do amor

A guerra contra Napoleão terminou, é tempo de voltar para casa. É tempo de paz, de lar, de risadas, de crianças… Deixar pra atrás o horror e recomeçar. Lorde Valentine Westridge e Kurt Schillig estão decididos A viver juntos para o resto da vida, mas também sabem que o que mais amam, além de um ao outro, é uma família. A única maneira de conseguir uma, é conseguir uma mulher que compreenda que são amantes e que irão compartilhá-la. A busca se inicia em Londres, e quando já parece desesperador o reverendo Stephen Matthews os dirige para o Leah Marleston. Ela parece reunir todos os requisitos: uma viúva, com dois filhos pequenos em uma situação econômica desesperadora devido ás custosas dívidas de jogo deixadas por seu marido e com um cunhado abusivo.

Leah jamais pensou em sequer considerar essa estranha proposta. Mas aceita jantar com eles e ver no que consiste exatamente o que lhe oferecem. Tem muito por perder e muito por ganhar. Que resposta deverá lhes dar?

   4 - Ao comando do amor

Ian tinha retornado do inferno da guerra fazia dois anos. Era tempo de fazer honra à palavra empenhada por volta de tantos anos e casar-se com sua prometida a Srta. Sophie Middleton Para Sophie muitos anos hão passado desde que seu pai assinou o compromisso matrimonial com o Ian Witherspoon, e por fim chegou o momento, por fim sairá de sua casa e será livre. Que importa se o custo implica compartilhar ao Ian com o Derek, sabendo que nunca a amará, por que não o merece. Ian só podia pensar em conseguir seu amor, ela era o que Derek e ele necessitavam, amor, paz, alegria, filhos, se tão só Derek pudesse aceitá-lo. Ela era o que Derek odiava. Ela conseguiria lhe tirar seu lugar na cama e o coração de Ian, deixando-o sem nada. Mas não lhe seria tão fácil. Lutaria contra Ian, contra ela e contra seus próprios sentimentos diante da incrível mulher que ia descobrindo cada dia. Robertson sabia que a única maneira de vingar-se definitivamente de Lorde Randall e Tony Richards era machucando aos seus amigos, Sophie, Ian e Derek serão suas vítimas para isso conta com sua mais poderosa arma: o monstro que espreita nos pesadelos de Sophie. As cartas estão dadas, só falta saber quem comandará o amor…

   5 - Retirada do amor

Brett e o Duque de Ashland, Freddy, retornaram. Cada um traz sua própria carga. Freddy ama Brett, o melhor amigo de seu irmão Bertie. Brett vive com a ardorosa lembrança das tenras cartas de Anne, a noiva de infância de Bertie. Pode alguém apaixonar-se através de umas cartas? Sim. Brett o tem feito. Quando ambos encontram Anne, a filha do reverendo de Ashton Park, no Derbyshire, banhando-se nua na lacuna. Cada um deles deve rever seus sentimentos. As lembranças da guerra e a dor que deixaram detrás atormentam aos três por igual. Muito se interpõe entre eles e a realidade de seus sentimentos. Pode Freddy convencer Brett de seu amor? Pode acaso Freddy aceitar que Anne pode ser sua meia-irmã? E Anne? Aceitará que tem uma vida cheia de amor esperando por ela, quando já tinha aceitado que para sempre seria a mulher manchada do Ashton Park? Podem sonhar em construir uma vida a três? Na guerra uma retirada é uma derrota; no amor, é sozinho retomar impulso e lançar-se com tudo em sua busca. Brett, Freddy e Anne terão muito com que lutar se querem viver seu amor em plenitude. 

   6 - Amor em exílio



Gregory Anderson relutantemente voltou à Inglaterra em 1817 depois de mais de sete anos viajando pelo mundo. Metade polinésio, Gregory é pego entre dois mundos. Ele não está à procura de amor. Ele está apenas à procura de um corpo quente com uma pitada de humor e inteligência razoável para ajudá-lo a passar o período de poucos meses que ele estará na Inglaterra. O casamento de Nat e Alecia Digby, arranjado quando eles eram jovens e tolos, estava quase em ruínas antes de começar quando ambos tomaram amantes. Eles não querem abrir mão dos jogos eróticos que aprenderam a jogar e desfrutar, mas não querem arriscar seu casamento novamente por se apaixonarem por alguém. Quando os três se encontram, eles acham que vai ser nada mais do que uma ou duas noites de prazer compartilhado e emoções eróticas. Mas o impensável acontece, porque o amor se recusa a ser forçado ao exílio. 


   7 - Fortaleza do amor


Gideon North quer uma esposa. Deve ser prática e muito trabalhadora. Mas sobre tudo, deve ter uma constituição forte. Horrivelmente ferido e com cicatrizes por seu serviço na GuerraPeninsular, Gideon não quer tratar com uma mulher que estremece cada vez que o olhe. CharlesBordem, o administrador de Gideon, foi seu sargento na guerra. Inseparáveis mas quase sempreem desacordo, os dois homens estão de acordo em que Sarah Withley é a esposa perfeita paraGideon. Forte, formosa e inteligente, com senso de humor, Sarah leva sua própria marca de umavida passada nas sombras. Quando Sarah aprende a deixar de lado seus temores passados,libera ambos os homens a reconhecer o amor e a atração que sempre existiu entre eles. Os trêsse convertem em íntimos, mas o erotismo de seus encontros no dormitório não garante a felicidade. As defesas de Gideon os enlodam no passado. Só juntos Sarah e Charles podematravessar para construir um futuro Gideon.


   8 - Prisioneiros do amor

Verônica Thomas esteve apaixonada por dois homens desde que tinha dezessete anos. Um a introduziu na paixão. O outro a ensinou como satisfazê-la. Agora que é mais adulta, ainda quer a ambos.

Wolf Tarrant estava mais que disposto a compartilhar Very com seu melhor amigo e amante Lorde Michael Kensington. Mas faz dois anos, Michael fugiu dessa relação pouco convencional que estava crescendo entre os três.

Quando Michael retorna da América, as coisas mudam drasticamente para todos eles. Precipitar-se cegamente em uma apaixonada e ardente união pode ser uma má ideia. Os segredos de Michael têm o poder de separá-los para sempre… mas Very e Wolf também têm os seus.

Os três são prisioneiros de seus próprios medos. Deverão lutar para vencer as mentiras e desconfianças e assim conseguir a liberdade que sempre desejaram para amar uns aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTEM FRIENDS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}