segunda-feira, 1 de maio de 2017

HAPPY CRAZY LOVE

   1 - Some Sort of Happy

Eu quase não acreditei que era ele.

No colégio, Sebastian Pryce havia sido estranho, distante e discreto. Mas agora, dez anos depois, ele está de volta e excepcionalmente atraente. Com músculos em todos os lugares certos e com mãos que sabem exatamente o que estão fazendo, Sebastian é tudo o que eu não sabia que precisava. E apesar dele não ser exatamente amigável, tem um magnetismo que me atrai.

Ele se afasta, com medo de que vá me quebrar.

Até a noite em que exigi mais e ele deu. (Forte e profundo. Duas vezes.)

Éramos apenas duas pessoas perdidas e solitárias em busca de consolo?

Ou poderia a decadente estrela de reality show e um homem frustrado e falho, realmente encontrar algum tipo de felizes para sempre?

   2 - Some Sort of Crazy

Quando uma vidente diz a Natalie Nixon que sua vida está prestes a ser abalada por um estranho misterioso, ela ri muito. Afinal de contas, ela tem tudo o que sempre quis "uma padaria bem sucedida, o namorado perfeito e as chaves para a sua casa de sonhos.”

Quem poderia fazê-la querer jogar tudo isso fora?

Então Miles Haas volta para a cidade.

Mas ele não é nenhum estranho, eles se conhecem desde o colegial. Além disso, ele é apenas um caso para o verão e ainda é um playboy sem vergonha que ganha a vida escrevendo artigos masculinos, para uma revista com títulos como 'Você gostaria de foder a filha do seu chefe?', com direito a fluxograma explicativo, quase um material para iniciantes.

Ele não é o homem dos seus sonhos e ela não está prestes a abandonar tudo pelo qual trabalhou tão duro, apenas para ter um pouco de diversão.
Só que ele a faz rir como ninguém, cheira como céu e usa óculos que o deixam sexy como o inferno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTEM FRIENDS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}