sexta-feira, 12 de maio de 2017

SÉRIE THE ELEMENTS

   1 - The Air he Breathes


Eu fui advertida sobre Tristan Cole.
“Fique longe dele”, disseram as pessoas.
“Ele é cruel.”
“Ele é frio.”
“Ele está desacreditado.”
É fácil julgar um homem por causa de seu passado. Olhar para Tristan e enxergar um monstro.
Mas eu não podia fazer isso. Eu tive que aceitar os destroços que viviam dentro dele, porque eles também viviam dentro de mim.
Nós dois éramos vazios.
Nós dois estávamos procurando algo mais. Algo melhor.
Nós dois queríamos juntar os pedaços destruídos de nossos passados.
Então talvez pudéssemos, finalmente, lembrar de como respirar.


   2 - The Fire Between

Era uma vez um garoto e eu o amei.

Logan Francis Silverstone era o completo oposto de mim. Eu dançava enquanto ele ficava parado. Ele era quieto e eu estava sempre falando muito. Ele lutava para encontrar um sorriso enquanto eu me recusava a parecer carrancuda.

A noite em que vi a escuridão que realmente vive dentro dele, não consegui desviar o olhar.

Estávamos quebrados juntos, mas de alguma forma completos. Nos éramos errados juntos, mas sempre certos. Éramos estrelas que queimavam pelo céu a noite, procurando por um desejo, rezando por melhores amanhãs.

Até o dia que o perdi. Eu nos separei com uma decisão precipitada – uma decisão que nos mudou para sempre.

Era uma vez um garoto, e eu o amei.

E por alguns suspiros, alguns sussurros, alguns momentos, acho que ele me amou também.

   3 - The Silent Waters


Nossas vidas são uma coleção de momentos. Alguns completamente dolorosos e cheios de dores. Alguns maravilhosamente esperançosos e cheios de promessas de amanhã.

Eu tive muitos momentos na minha vida, momentos que me mudaram, me desafiaram. Momentos que me assustaram e me envolveram. No entanto, os maiores, os mais dolorosos e deslumbrantes, todos o incluíam.

Eu tinha oito anos de idade quando perdi minha voz. Um pedaço de mim foi roubado, e a única pessoa que realmente podia ouvir meu silêncio era Brooks Griffin. Ele era a luz durante meus dias negros, a promessa de amanhã, até que a tragédia o encontrou. Tragédia que o afogou em um mar de lembranças.

Esta é a história de um menino e uma menina que se amavam, mas não se amavam. Uma história de vida e morte. De amor e promessas quebradas.

De momentos.

   4 - The Gravity of us



Graham Russell e eu não fomos feitos um para outro. Eu sou movida pela emoção, ele era pela apatia. Sonhava enquanto ele vivia em pesadelos. Chorava enquanto ele não tinha lágrimas.

Apesar de seu coração congelado e minha disposição para correr, às vezes compartilhávamos segundos. Segundos quando nossos olhos travavam juntos e víamos os segredos do outro. Segundos quando seus lábios provavam meus medos, e eu respirava sua dor. Segundos quando nós dois imaginávamos como seria amar um ao outro. Esses segundos nos deixavam flutuantes, mas quando a realidade nos bateu, a gravidade nos forçando a descer.

Graham Russell não era um homem que sabia amar e eu não era uma mulher que sabia também. No entanto, se tivesse a oportunidade de me apaixonar mais uma vez, me apaixonaria por ele para sempre. Mesmo que fossemos destinados a nos acidentar contra terra firme.

Um comentário:

COMENTEM FRIENDS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}