segunda-feira, 22 de agosto de 2016

SÉRIE PAIN

   1- Get off on the pain

Sexy, tatuado e obviamente perigoso. Memphis é tudo isso e muito mais... Eu vivo para a dor; é o que me mantém em movimento. Mas chega um momento em que a pessoa tem que se livrar de seus fantasmas, para sobreviver. Eu pensei que havia enterrado tudo bem lá no fundo. Eu pensei que estava pronto para finalmente viver. Até que meu irmão, Alex, me joga no fogo, direto no lugar onde nunca poderia me controlar, um lugar que nunca mais queria voltar.
Quando coloco minhas mãos nas pessoas, elas se machucam. Acontecem coisas que me trazem de volta para aquela noite. Que sempre me atormentarão. Estou me virando muito bem, cuidando de mim mesmo, garantindo que ninguém se machuque por minha causa. Quando de repente aparece a Lyric, e tudo que eu quero fazer é tocá-la, colocar minhas mãos em lugares que sei só deixá-la mal, destruída. Ela é a tudo aquilo que eu almejo. O mais escuro veneno correndo pelas minhas veias, matando-me pouco a pouco; como uma droga eu não posso ter o suficiente mesmo que esteja perto do meu último suspiro. E estar ao seu redor só dói mais, mas o que ela não entende é que a dor me agrada; eu gosto dela, mas no final, deixa-me com a decisão mais difícil da minha vida, uma que pode nos deixar todos mortos...

FONTE https://www.goodreads.com/book/show/23249259-get-off-on-the-pain

   2 - Something for the pain

Tentador, tatuado e altamente viciante. Alex é tudo isso e muito mais...

Eu cometi muitos erros - alguns de que eu não me orgulho, e alguns definitivamente deixaram suas marcas, mental e fisicamente.

As coisas se tornaram solitárias; Eu me perdi na minha própria cabeça e no final, fiquei ferrado e incapaz de lutar - ou ao menos vencer. Aquela vida vida acabou e eu segui em frente.

Seis meses tatuando no Blue's e já sou o mais desejado e procurado tatuador. Maior parte da minha clientela é de mulheres.

Elas vem até o estúdio, param na minha cama e ambos terminamos felizes. Tem sido o meu alívio desde que eu parei de lutar. Tornou-se parte no "novo" eu.

Mas quando Tripp reaparece na minha vida, eu não posso negar o fato que faria qualquer coisa por aquela garota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTEM FRIENDS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}