segunda-feira, 19 de junho de 2017

KATE DANIELS

   1 - Sangue Mágico

Se não fosse pela magia, Atlanta seria uma boa cidade para viver.

No momento em que a magia domina, os carros param e as armas falham.

Quando a tecnologia assume, os feitiços de proteção já não protegem sua casa dos monstros.

Aqui, os arranhacéus são derrubados pelo ataque da magia; homens-lobo e homens-hiena rondam as ruas arruinadas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados pela fome de poder, comandam vampiros com suas mentes. Neste mundo, vive Kate Daniels.

Kate gosta um pouco demais de usar a sua espada e tem dificuldade de ficar calada. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passa a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão. Mas quando o guardião de Kate é assassinado, ela deve optar entre não fazer nada e manter-se segura ... ou perseguir o assassino sobrenatural.

Esconder-se é fácil, mas a escolha certa nunca o é ...

   2 - Fogo Mágico

Em Atlanta, tantos os temperamentos—como as temperaturas—estão prestes a incendiar ...
Como mercenária que se dedica a resolver as complicações depois que a magia correu mal, Kate Daniels tem visto sua quota de riscos profissionais. Normalmente, as ondas de energia paranormal diminuem e atravessam Atlanta como uma maré. Mas uma vez a cada sete anos, um flare vem, durante o qual a magia corre desenfreada. E agora Kate vai ter que lidar com problemas em uma escala muito maior: uma divina.
Quando Kate se dispõe a recuperar um conjunto de mapas roubados de propriedade do Bando, o clã paramilitar de metamorfos de Atlanta, ela rapidamente percebe muito mais em jogo. Durante um flare, deuses e deusas podem se manifestar—e lutar pelo poder. Os mapas roubados são apenas o gambito de abertura para o puxão no cabo-de-guerra épico entre dois deuses com ânsia para renascerem. E se Kate não for capaz de parar o confronto cataclísmico, a cidade pode não sobreviver ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTEM FRIENDS

Seja Bem Vind@.
{Cena do filme Conquista Sangrenta, com Rutger Hauer e Jennifer J. Leigh}